Skip to Store Area:

Loja Virtual

ETERNA PROMESSA: OS CAMINHOS TORTUOSOS DOS MORADORES DO PARQUE DAS LARANJEIRAS - Flávio José Araújo de Magalhães

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

ETERNA PROMESSA: OS CAMINHOS TORTUOSOS DOS MORADORES DO PARQUE DAS LARANJEIRAS - Flávio José Araújo de Magalhães

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$29,00
Acrescentar itens ao carrinho Comprar

Descrição Rápida

Eterna promessa: os caminhos tortuosos dos moradores do Parque das Laranjeiras - São Paulo/SP - Ed. Ixtlan - 2016

ISBN: 978-85-8197-428-6 - 1.Jornalismo 2.Imprensa documentária - CDD 070



O Parque das Laranjeiras é meu velho conhecido. Fomos apresentados em 24 de outubro de 2013, quando A Comarca (primeiro jornal em que trabalhei e que até hoje me abriga em sua redação) me ofereceu a oportunidade de relatar o caos que o bairro da Zona Leste vive nos dias pós-chuva. Acabei escrevendo mais que isso.

Minha reportagem, publicada já na edição seguinte, foi mais um grito de socorro do Laranjeiras. Sumariamente ignorado pelas autoridades municipais, é claro. Vem sendo assim nos últimos 30 anos. Eu, então com 19 anos de idade e apenas cinco meses de redação, demorei um pouco para compreender.

Foi dona Francisca, do bar, que teve a paciência de me explicar.

E mostrar. No Laranjeiras falta tudo. Asfalto, rede de esgoto, iluminação pública. Não escondi o espanto quando vi uma rua que mais parecia uma montanha feita de entulho. – Nossa, quem mora aqui? – perguntei,

quase involuntariamente. – É gente! Mas a Prefeitura pensa que é bicho! – exclamou a comerciante. E assim, minhas visitas acabaram mais constantes. Em outra ida ao bairro, dessa vez acompanhado da repórter

Ana Paula Meneghetti (minha parceira de redação que mais tarde se tornou minha parceira para a vida), ouvi pela primeira vez a expressão que dá nome a este livro-reportagem.

– O Laranjeiras é a eterna promessa deles [políticos], porque se eles resolverem isso aqui, vão prometer o que nas próximas eleições? – desabafou uma moradora a qual entrevistamos.

Quanto mais percorria o loteamento, mais tinha a certeza de que o Parque das Laranjeiras foi uma grande tragédia anunciada. Misturar gente humilde a uma absurda dose de negligência do Poder Público e dos particulares envolvidos é uma receita que nunca deu certo.

A sucessão de prefeitos (Ricardo Brandão, Luiz Netto, Romeu Bordignon, Jamil Bacar, Paulo Silva, Carlos Nelson Bueno e Gustavo Stupp) não foi capaz de encontrar uma solução definitiva para a questão. Alguns avançaram, outros não.

O Ministério Público pressionou por acordos, mas nada vingou.

Dizem que a essência do Jornalismo é contar uma boa história.

Sem dúvidas, a história do Parque das Laranjeiras merece ser contada.

Acrescentar suas Tags:
Acrescentar Tags
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.